Alimente sua alma. Inspire Sonhos!
Telefone
Tula Pilar, poetisa e ativista cultural

Por Tula Pilar

Tula Pilar Ferreira, 44.
Poetisa e ativista cultural.
Mãe de três filhos (Samanta, 27, Pedro, 18, e Dandara, 9).

Já sofri preconceito de todos os lados. As pessoas me julgavam por eu ter um filho de cada homem. Era a vagabunda que dava pra todo mundo, mas não entendiam que a escolha era minha.

Sempre gostei de escrever e não tinha apoio. Quando eu era empregada doméstica, as patroas achavam minhas poesias, liam e rasgavam. Naquela época eu chorava, mas hoje vejo a força que eu já tinha. Elas paravam pra ler!

Com a dança foi a mesma coisa. Eu queria fazer tango, mas minha mãe me disse que não era pra mim. “A gente é preta e pobre”. Queria aprender dança do ventre e escutava: “essa dança não é pra neguinha”. Determinei: não vou ser mais uma coitada, mãe solteira vagabunda que a sociedade quer que eu seja.

Hoje sou aquela Pilar que dança com paixão, me formei poetisa, sou artista.

Racismo, machismo, preconceito só vão acabar se a gente atuar dentro deles.

Fonte: Feminicidade

Adicionar Comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *