Alimente sua alma. Inspire Sonhos!
Telefone

Alba Atróz

Alba Atróz é como o Allan Regis se sente: uma metamorfose de um pássaro albatroz quando este se viu fora ou rancado de seu habitat natural, longe de seu arquipélago, dos nevoeiros descritos por Baudelaire, em risco de extinção, obrigado a refugiar-se às margens, na periferia da grande e caótica metrópole, entre outros seres em diáspora, na luta por manter-se vivo. Seu nome fragmentou-se em duas partes formando um híbrido ideológico e um símbolo de resistência contra aqueles que o afugentaram e ainda persistem nos maus intentos. O Alba faz, intencionalmente, alusão e homenagem a uma forma de poesia medieval conhecida exatamente por este nome – em que os notívagos artistas, amantes da poesia lamentavam em seus motes a chegada do dia, que raiava “atroz”, sempre após o anúncio dado pelos gritos amedrontadores de um vigia da torre de uma prisão, como se fosse um profeta apocalíptico, avisando que a noite ou o bom momento prazeroso que tiveram juntos, tais poetas, às escondidas, findara-se pela insensibilidade dos que tramavam e vieram enganá-los e trai-los ao raiar de uma infeliz aurora que até hoje insistem em legitimar como progresso. Foi numa batalha épica que o sobrenome Atroz acabou sendo atingido por uma adaga inimiga bem em cima da vogal “o” de seu fragilizado corpo e ali permaneceu cravada, gravemente acentuada, como um espinho na carne, para torná-lo Atróz.

(Escobar Franelas)

Recomendamos para você…

  • Biblioteca de almas (O lar da Srta Peregrine para crianças peculiares – Livro 3) eBook Kindle – Ransom Riggs

    Comprar
  • O Genocídio do Negro Brasileiro – Abdias Nascimento

    R$45,00 Comprar
  • Lélia Gonsalez – Retratos do Brasil Negro – Flavia Rios & Alex Ratts

    R$29,00 Comprar
  • Álbum duplo – Fabiana Cozza

    R$35,00 Comprar
  • Fim de tarde (eBook Kindle) – Jean Mello

    Avaliação 5.00 de 5
    Compre
  • Perifeminas II: Sem Fronteiras – Lunna Rabetti

    R$25,00 Comprar

Inscreva-se e acompanhe nossas atualizações!